terça-feira, 2 de novembro de 2010

Your eyes in my head


Is my love in your eyes, reflected in a mirror of sweetness ... that's okay, it's just a dream. Stand still, breath in, are you listening? You don't know but somebody's aching keeping it all in but.. it's just a dream.

19 comentários:

metropolitana disse...

Sim, também me chamo Cátia :p
Só não sou é da Margem Sul (se bem que não me importava)

metropolitana disse...

Eu conheço pessoa da Margem Sul :)´
O ano passado andei por aí perto de férias. 3 diazinhos a "vagabundear" Lisboa.

CLÁUDIA COM. disse...

ohh cátiazinha, essa frase está mesmo muito bonita. estás mesmo in love. avança, não te custa nada!

Fá disse...

Sou obrigada a concordar com a cláudia.. avança e dá o 3º passo :)

Gonçalo G. disse...

you are in love (totally) :')

metropolitana disse...

A nivel espiritual e fisico, que quando me meto em coisas destas é sempre para andar sem destino. (e andar faz sempre muito bem ao corpo)

Mimi disse...

está linda a frase!

Carolina (prima) disse...

AMOROSO

lau' disse...

:)

metropolitana disse...

Eu adoro Lisboa, mesmo!
Adoro a movimentação, aqueles carros todos, aquelas filas de trânsito, aquelas pessoas todas a sair do metro. Adoro a Baixa-Chiado, tem em si um encanto que adorei conhecer.
Até a Avenida do Marquês de Pombal adorei *.*

metropolitana disse...

por isso mesmo é que estou a pensar ir para ai estudar.

David Ferraz disse...

Keep breathing, keep dreaming, keep waiting! Don't ever give up for anything, and never stop trying doing everything! Keep as you are, always...

Sara Martins disse...

obrigada linda <3

Tatá disse...

terno e maravilhoso chérrie <3

Daniela Ramos disse...

Um olhar tem mil e uma palavras :)*

Borboleta disse...

Não perdes pela demora, sua malvada --'

rama disse...

Olá!
Nunca mais escrevi nada no meu blog mas vou voltar.
Espero que continues a passar por lá,,,desculpa este tempo todo sem escrever nada.
Fica bem! :)

rama disse...

Brigadão!
já tinha saudades disto :)

continua ;)

Borboleta disse...

Sabes, um dia, o amor que tens dentro de ti, vai mostrar a sua verdadeira força, e rebentar com todas as correntes que te prendem e te impedem de ser feliz. Um dias, vais abrir asas e voar para ele, ele vai-te abraçar, e vais sentir que é ali que pertences.
Fiques ou não despenteada, mais apalpão menos apalpão, os teus pretendentes que vão todos pastar, que serás só dele.
Nesse dia, vais passar a viver no paraíso.
Ps. Não te esqueças de me ligar logo *.*
(Senhor Mont. este comentário é sobre si)