quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Às vezes é assim

Amor? Essa palavra tão grosseira e dissimulada costuma acordar nos nossos corações nos momentos em que menos esperamos. Entra por nós a dentro de forma sorrateira ultrapassando várias barreiras que foram reforçadas ao longo de anos afim. Faz questão de fazer-se dono de tudo e assumir o controlo do corpo e da cabeça, fechando todas as portas de forma a esconder o que está lá fora. O sangue que nos corre pelas veias passa a ser único tendo a função de renovar o amor, fazendo de união entre os dois corações que se assemelham de uma forma tão bizarra. O sentimento é tão fulminante que cada vez mais se desejam um ao outro, sonhando no dia em que se possam unir. Não sei de nada em concreto mas quer-me cá parecer que vou ter finalmente o meu lugar ao sol.

15 comentários:

CLÁUDIA COM. disse...

Posso saber se esse lugar ao sol é causado por um novo amor ou por uma nova atitude?

Sara disse...

Gosto tanto pequenina ♥

Cátia Vilhena disse...

Sim Cláudia, claro. Definitivamente por uma nova atitude mas quem sabe se não poderá vir ai um novo amor? Não se pode desistir, não é? ;)

CLÁUDIA COM. disse...

Sim, claro claro. Eu desconfiava mas não queria estar a mandar palpites para o ar. E sim, concordo plenamente contigo. Não desistas que ele anda por ai :)

maria gabriella disse...

lindo :) gostei

Fá disse...

Gostei muito :)

maria gabriella disse...

obrigada, obrigada (:

MarcelaMaia disse...

Lindo.

Sara disse...

Tu é que és fofinha! Obrigada eu, sim? ♥

Dá-me o nome desta música pf linda* adoro

Incógnita disse...

o amor é sempre inesperado..e todos temos direito ao nosso lugar ao sol =)

Sara Martins disse...

Princesa, obrigada! Encantei-me com a música +.+

Alexandra disse...

Adorei o que escreves-te , sigo :)
Beijinhos*

Sara Martins disse...

És linda! <3

Su disse...

gostei *

Maria Inês disse...

Gostei imenso do que escreveste, sigo :D